terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Simbologia


Cenários de Prática
Casa de Passagem I
Atendimento multidisciplinar: Medicina x Enfermagem
Estudantes de Medicina e Enfermagem em dia de Puericultura na Casa de Passagem I. No detalhe da foto, a 1ª, a 3ª e a 5ª são as futuras doutorandas do PED I: Danielle, Renata e Pâmela, respectivamente.

Frases interessantes
Questões -TEP x Residência Médica

TEP - 2008 - Após dois meses de matriculado numa creche municipal, um pré- escolar de três anos havia perdido cerca de 500g e apresentava mal-estar, cólicas em mesogástrio, flatulência e episódios de diarréia com três a seis evacuações por dia com muito muco, sem sangue e que duravam alguns dias. Neste período, durante uma semana, não evacuou por quatro dias e eliminou fezes muito endurecidas. Com base na história clínica, a melhor proposta terapêutica é:

(A) retirar o glúten da dieta

(B) prescrever metronidazol

(C) suspender o uso de leite de vaca

(D) prescrever sulfametoxazol-trimetropin

(E) recomendar dieta rica em fibras solúvéis

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Notícias- Informes
 O Blog "Pediatria em foco" já ultrapassa a marca dos 3.500 acessos. A todos que vem nos visitando, só nos resta agradecer. O Internato em Pediatria I da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PED I) estará recomeçando suas atividades no próximo dia 06/02/2012. O objetivo é tentar alcançar até lá, a marca dos 4.000 acessos. Vamos, portanto, divulgar ainda mais o nosso Blog, o Blog do PED I. 

Violência na Infância
Não sejamos omissos e façamos nossa parte ! Não deixemos nossas crianças e adolescentes  sofrerem  abuso e exploração sexual. DENUNCIE - LIGUE 100! E garanta um futuro melhor para elas.
Sessão Prática- Casos clínicos ambulatoriais

Lactente de oito meses é levado ao ambulatório devido a quadro de irritabilidade e febre alta há 3 dias. A mãe informa que, há cerca de uma semana, o lactente parece resfriado e houve piora significativa nos últimos dias. Exame físico: abaulamento da menbrana timpânica à esquerda e tumefação dolorosa retroauricular homolateral:

 Qual o provável diagnóstico? Neste caso, a  conduta  deverá ser:

a)  internação hospitalar para antibioticoterapia parenteral

b) liberação para casa com prescrição de amoxacilina (80mg/kg/dia)  por 14 dias

c)  liberação para casa com prescrição de amoxacilina (40 mg/kg/dia) por 10 dias

d)  timpanocentese e liberação para casa com prescrição de amoxacilina por 10 dias
e) timpanocentese e liberação para casa com prescrição de cefritriaxone IM por 10 dias

POR ONDE ANDA
POR ONDE ANDA a jovem médica Larissa Freitas? Na foto, ainda como doutoranda do PED I, aparece entregando  um KIT para uma  gestante , durante a palestra do Pré- CDendo o 5º dia útil, realizada na Unidade de Saúde Familiar e Comunitária (USFC).

domingo, 29 de janeiro de 2012

Valorização Profissional
Pediatria em fotos

Momento mágico PED I


Natal realizado na Casa de Passagem II. Na foto, o prof. Carlos Barbosa (Papai Noel), os ex - doutorandos do PED I Lilian, Andressa e Giorgioni,  as crianças, alguns funcionários e a Prof Nadja ( bem no canto à esquerda).
Questões - TEP x Residência Médica

RESIDÊNCIA MÉDICA - 2004
SECRETARIA DO ESTADO DO DISTRITO FEDERAL

Sobre a Otite Média Aguda é incorreto afirmar:

a) dentre as cefalosporinas, a preferência é a de primeira geração, pois tem alta penetração em ouvido médio e boa atividade contra Hemophilus influenza

b) alimentação com mamadeira na posição horizontal é um fator predisponente para instalação da otite média

c) os agentes bacterianos mais comuns na faixa etária acima de um mês são Streptococcus pneumoniae, o Hemophilus influenza e a Moraxella catarrhalis

d) o pico de incidência da doença ocorre durante o segundo semestre do primeiro ano de vida, isto porque a trompa de eustáquio na criança jovem é mais curta, larga e horizontal do que na criança maior

e) nos lactentes pode se manifestar com febre, inapetência, choro persistente e iiritabilidade

Projetos de Intervenção
Atenção Primária x Atenção Terciária
Este projeto de Intervenção teve como principal objetivo, o de promover  integração (Link), entre a atenção primária à saúde (porta de entrada do sistema) com o serviço especializado de Pneumologia Infantil do HOSPED (atenção terciária), de forma direta, sem o intermédio e a demora do sistema de marcação de consultas municipal via SUS. Foi acertado com o Setor de Pneumologia o dia da semana em que os pacientes poderiam ser encaminhados para o HOSPED. Criou-se um Livro de marcação de Consultas que fica na Unidade Básica de Saúde(USFC). Com esta mesma proposta, o PED I, realizou outros Projetos de Intervenção, criando novos links (Atenção primária x Atenção terciária), tais como, com a Dermatologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Gastroenterologia e Nutrição. Excelente para os pacientes do ponto de vista de resolutividade. Maravilhoso para os alunos com relação a  aprendizagem. O PED I é assim: sempre pensado no melhor para os pacientes; sempre pensando no melhor para os alunos...

sábado, 28 de janeiro de 2012

Simbologia

Brasileiros e estrangeiros de qualquer lugar;
Se um dia quizeres aqui conosco estagiar,
Ciência, compromisso, dedicação e humanização não vai faltar.
Por isso, o PED I,  estará sempre de braços abertos a te esperar. 


Diagnóstico Visual
Qual o provável diagnóstico?
Metodologia Inovadora
"Flash" Pediátrico
Mais um "Flash" do PED I. Este sobre microcefalia, apresentado pelo doutorando Alison Wagner. Na apresentação reforçou a importância da medição do perímetro cefálico (PC) nos dois primeiros anos de vida, principalmente, para o diagnóstico precoce das micro e macrocefalias.
Formaturas de Medicina
Este foi o Convite virtual da ex - doutoranda do PED I , Raissa Rafaela. Hoje a mesma encontra-se em Campinas, na UNICAMP, fazendo Residência em Endocrinologia.
Semiologia Pediátrica
 Achados no exame físico do RN
      
Eritema tóxico do RN      Mílium facial

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

CD - CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO
Monitorização do Desenvolvimento
CD - CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO
Monitorização do Crescimento
Monitorização do crescimento das crianças da Casa Mãe Rosinha -Praia de Pirangi do Norte- Natal/RN
AMAMENTAÇÃO
Posições para amamentar
PRÉ-CD


Preceptores do PED I

"Preceptoria  dedicada"
Preceptor Leonardo, com os ex- doutorandos do PED I, Larissa , Haruê, Sarah, Rafaela, Thais , Silvio e Victor, em dia de apresentação do Projeto de Intervenção:  A palestra do  Pré-CDendo o 5º dia útil.


quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Questões - Concursos

A fontanela anterior ao exame físico (palpação) deve estar fechada aos :

(A) três meses
(B) entre três e nove meses
(C) entre nove e 18 meses
(D) entre 18 e 24 meses
(E) entre 24 e 36 meses
Notícias
Chegou a hora de dar as boas vindas aos novos  visitantes  do Blog "Pediatria em foco". Passam a integrar a nossa lista de acessos, os internautas  de mais um país Europeu : A França. Desde já, o Blog agradece a todos aqueles  que nos visitam da Terra de Napoleão Bonaparte.

Violência na infância
Maus - tratos

Frases de Pediatras
"Sou um pediatra por vocação. Acredito na humanização dos seres e na vida. E faço questão de "inaugurar famílias" a cada nascimento". ( Pedro Angelo Bittencourt)
Desenhos

Perfil psico- afetivo de crianças acolhidas na casa de Passagem II
Relatório da Psicologia/Pedagogia

E.M- 8 anos -A criança encontra-se abrigada há aproximadamente 11 meses. Apesar do tempo em que está no Abrigo e das poucas vezes em que a mãe esteve visitando-o, percebe-se que a criança possui um forte vínculo com a mãe e vive uma fase de revolta em permanecer no Abrigo, apresentando baixa tolerância à frustração. Do ponto de vista pedagógico, apesar do comportamento apresentado, verifica-se que a criança tem tido um bom desenvolvimento psicomotor e alfabético.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Simbologia

Cenários de Prática
USFC
(Unidade de Saúde Familiar e Comunitária)
Mais um dia de atividade prática do PED I. Atendimento realizado na USFC. Na foto, o Prof. Carlos Barbosa, e as mais novas médicas, Catarina, Hosana, e Michelle. Um detalhe interessante : as três realizaram um atendimento compartilhado - enquanto a Dra Michele faz anotações no prontuário, Catarina segura a criança nos braços e Hosana ausculta a mãe do bebê.
Sessão Prática- Casos clínicos ambulatoriais

F.C, 2 ano e 6 meses, é levado a consulta no ambulatório com história de que há mais ou menos 15 dias iniciou quadro de resfriado caracterizado por febre,  coriza hialina, espirros, obstrução nasal, tosse improdutiva. Com 48 horas do início dos sintomas, a febre já havia cessado, porém a tosse tornou-se produtiva. Decorridos 15 dias de evolução, persistem os sintomas catarrais, principalmente a coriza ora de aspecto hialino,  às vezes, apresenta-se espessa e amarelada, além da obstrução nasal. A tosse persiste produtiva, de caráter diário, mas que se agrava principalmente a noite. Não há relato de dispnéia. Foi medicada com mucolítico, sem melhora do quadro. No exame físico, a única alteração é a presença de um gotejamento pós - nasal observado ao exame da orofaringe:

Pergunta-se: Qual o provável diagnóstico?
POR ONDE ANDA
POR ONDE ANDA, o ex doutorando do PED I, Rafael Barbosa. Tá fazendo residência médica?

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Pediatria em fotos

Momento mágico PED I


Gincana lúdica na Casa de Passagem II. No detalhe, da direita para a esquerda,  as equipes amarelo, azul, vermelho e verde sendo preparadas pelos alunos para mais uma "prova".

Valorização Profissional
"Lembro que a saúde adulta começa com os cuidados ainda no útero e com uma infância controlada. Não se deve procurar um pediatra, apenas, nas horas de emergência. Um acompanhamento feito pelo pediatra garante um histórico de vida. E, essa vida será saudável ou não, dependendo dessa periodicidade. (......) e não deixem de estimular seus familiares a freqüentarem o pediatra regularmente".(Pedro Angelo - Pediatra - (postado no  Blog  o inaugurador de famílias).
Questões - TEP x Residência Médica

TEP- 2005- Adolescente de 14 anos , sexo masculino, é trazido por sua mãe à consulta devido a cansaço e mau desempenho escolar há dois meses. Exame físico: mucosas hipocoradas ++/4+ ,  RCR  2T; BNF; FC: 106 bpm; SS +/6+. Considerando a hipótese diagnóstica, a alteração mais provável do hemograma é a presença de:

(A) microcitose com anisocitose
(B) microcitose sem anisocitose
(C) macrocitose com anisocitose
(D) normocitose com anisocitose
(E) macrocitose sem anisocitose
Projetos de Intervenção

Projeto de intervenção realizado na Casa "Mãe Rosinha" , na praia de Pirangi do Norte- Natal RN. Os ex- doutorandos, Aline, Cinara e Wallace representaram a 1ª turma do curso de Medicina da UFRN a realizar o trabalho com as crianças da casa. O atendimento foi realizado durante o período vespertino.  Um dia bastante gratificante  não só para os os estudantes, como para as crianças, que se beneficiaram com um atendimento de 1ª linha do ponto de vista  técnico e humanista.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Simbologia

Você que está querendo se informar
Sobre o nosso Internato em Pediatria
 Não perca mais nehum dia
A solução é, o blog acessar!


Diagnóstico Visual
RN GIG, pletórico
Qual o provável diagnóstico?
Frases interessantes

"Deus envia as crianças não apenas para manter a raça, mas para expandir nossos corações e nos tornar generosos, amáveis e afetuosos".
Mary Howitt
Metodologia Inovadora
"Flashs" em Pediatria
Mais um "Flash" pediátrico no  PED I . Este sobre nevo sebáceo. Apresentação feita pela ex- doutorando , Adriano Seabra. O caso que originou o "Flash"  foi  atendido no Ambulatório de Pediatria Geral da Unidade de Saúde Familiar e Comunitária (USFC), e   discutido junto  com a Dermatologia do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL).

Formaturas de Medicina
Certificado - Aula da Saudade
Este foi o Certificado entregue ao final da Aula da Saudade da Turma Concluinte  de Medicina 2011.2, "Eternos aprendizes da arte de ser médico". Foi uma estratégia utilizada para se fazer a última chamada, na verdade, a chamada final,  da galera. Como foi dito no discurso, aula sem chamada é como avião sem brasa, fogueira sem brasa... O Certificado aqui postado é o do figuraço Francisco Jakson (" O Galego"). No plano de fundo, o Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL).

domingo, 22 de janeiro de 2012

Semiologia Pediátrica
Achados do exame físico do RN
Icterícia Neonatal
Notícias
O Blog " Pediatria em foco"  alcançou a marca dos 3.000 acessos. Um agradecimento todo especial a todas as visitas oriundas do Brasil, bem como as de outros países , como Rússia, Alemanha, Portugal, Ucrânia, Reino Unido, Estados Unidos, Canadá,  Argentina, Colômbia, e República Dominicana. Obrigado!

CD - CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO
Monitorização do Desenvolvimento

CD - CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO
Monitorização do Crescimento
Monitorizando o crescimento das crianças da Casa Lar Mãe Rosinha, praia de Pirangi do Norte, Natal/RN.
AMAMENTAÇÃO
"Pega incorreta"- consequências: bêbe
PRÉ-CD

sábado, 21 de janeiro de 2012

Violência na infância

Cenários de Prática
HOSPED
Ambulatório de Pediatria Geral/ Puericultura - Hospital de Pediatria  Prof. Heriberto Ferreira Bezerra (HOSPED), Universidade Federal do Rio Grande do Norte(UFRN). Na foto, a prof. Devani, em mais um dia de atendimento aos seus "pequenos pacientes".


Sessão Prática- Casos clínicos ambulatoriais

Um neonato de oito dias é levado a consulta na Unidade de Saúde. Ele apresenta pápulas, pústulas e comedões na fronte, nariz e áreas malares:

A criança está bem sob outros aspectos, e o restante do exame físico resulta normal. Pergunta-se: Qual o diagnóstico mais provável do que este RN apresenta?

Desenhos

Perfil Psico-afetivo de crianças acolhidas na Casa de Passagem II
Relatório de Psicologia/Pedagogia
FCNS – 11 anos- abrigada há 2 meses. É acompanhado pelo Serviço de Psiquiatria do CAPSi, em uso de medicamentos psicotrópicos, o que possivelmente tem influenciado seu desenvolvimento cognitivo. Observa-se em alguns dos seus desenhos, um traçado irregular.
HUMANIZAÇÃO
Mais um dia de comemoração do "Aniversariante do Mês" na Unidade de Saúde Familiar e Comunitária (USFC). Na foto, o prof. Carlos Barbosa, ao lado dos ex- doutorandos do PED I , Erika, Júlio, Ana Luisa ,  Samara, e o aniversariante. PED I  e humanização, tem tudo a ver...